Candidato do PSTU quer legalizar drogas para combater tráfico

Laryssa Borges / Direto de Brasília

O candidato do PSTU à presidência da República, Zé Maria, defendeu nesta quarta-feira (14) no Congresso Nacional a legalização das drogas como forma de desmontar o crime organizado e garantir tratamento médico a dependentes químicos. O presidenciável, que participou de debate sobre os 20 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), afirmou que, entre suas propostas na corrida pelo Palácio do Planalto, está o tratamento do vício em drogas como uma questão de saúde pública e não apenas com políticas de repressão aos entorpecentes. 

“Temos que enfrentar o problema das drogas como uma questão de saúde pública. O Estado tem que legalizar as drogas, atender e tratar os dependentes e tirar a fonte de renda do crime organizado”, disse o candidato a uma plateia formada por adolescentes. 
Zé Maria relembrou ainda conquistas do ECA, que mudou o enfoque em relação aos jovens de um caráter punitivo para o de garantia de direitos, mas condenou os dois governos do PSDB e os dois governos do PT por supostamente “não avançar nos direitos de crianças e adolescentes e preferir destinar recursos públicos ao setor financeiro”. 
“A nossa sociedade, sob a égide do capitalismo, está sujeita à lei das selvas. Crianças são jogadas ao poder do narcotráfico. O governo quer entregar os jovens à própria sorte e aumentar o repasse para os bancos. Precisamos de uma ampla transformação para que o povo possa ter uma vida digna”, afirmou. 
Fonte: Terra
Anúncios

Deixe um comentário, sua opinião é importante para nós:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s