Snoop Dogg: ‘Fumo maconha para me divertir’

Cantor de hip hop está no Brasil para turnê que passa pelo Rio de Janeiro (9), Florianópolis (11) e no festival SWU (12)

Luisa Girão, iG Rio de Janeiro

Uma hora após o horário marcado para a coletiva de imprensa, o cantor Snoop Dogg chega a piscina do Hotel Santa Tereza – onde está hospedado – de gorro listrado, óculos escuros, chinelos, meias pretas, calça e casaco verde bandeira. Bem à vontade. Sem as famosas correntes e anéis, comuns a qualquer rapper, mas com as gírias característica ao gênero, o americano se diz em casa.
“A primeira vez que vim aqui foi em 2003 para gravar o videoclipe de Beautiful porque queria saber do que esse lugar se tratava. Eu o via de longe…tão bonito. É tudo amor, sabe? Eu nunca tive um problema aqui. E quero conhecer o Brasil todo, não só do que se fala na América: das praias e das mulheres. Posso dizer que aqui se tornou uma casa”, afirmou ele, durante bate-papo, nessa segunda-feira (7).
Além de fazer apresentações no Rio (09) e em Florianópolis (11), o cantor é uma das principais atrações para o primeiro dia de shows do festival SWU Music and Arts Festival 2011, que acontece em entre 12 e 14 de novembro, em Paulínia (SP). “Quem tocar depois de mim estará em apuros”, disse o rapper, entre risadas, citando a célebre frase de Muhammad Ali. “Sou jovem, sou rápido, sou bonito e não posso ser vencido”.

Mesmo não sabendo que tocaria na mesma data que Kayne West e Black Eyed Peas, Snoop não descarta a possibilidade de surgir músicas desse encontro. “Amo tocar em festivais porque me dá a chance de voltar a ser um fã. Enquanto eles estiverem no palco, estarei nos bastidores cantando e me divertindo, sem precisar ser ‘o’ artista. Em um festival, têm tantas pessoas, tantas personalidades andando juntas. E é assim que relacionamentos e músicas acontecem”.
Tiete
E não foi só de festivais que Snoop Dogg se mostrou fã. No mês passado, ele gravou um vídeo convidando os jogadores Ronaldo e Neymar, o lutador Anderson Silva e o escritor Paulo Coelho para participarem de seu show. “Adoro futebol, gostaria de saber jogar. Acompanho a seleção brasileira há muitos anos”, justificou ele.
Já sobre o autor do best-seller “O Mago”, o rapper explica a escolha inusitada. “Minhas músicas sempre foram acolhedoras e ele escreve sobre amor. Estou na cidade em que ele nasceu, então quero conhecê-lo para ver se podemos fazer algo”.
Polêmico
Sem titubear em nenhuma pergunta, o cantor não fugiu de polêmicas. Ao ser informado sobre a desistência do Cypress Hill de tocar no SWU, no ano anterior, por não concordar com o pedido da organização para não fumar maconha no evento, ele defendeu sua posição. “Você sabe que eles não me pediriam um negócio desses. Eu fumo. Fumo maconha para me divertir. Não estou aqui para quebrar regras nem para ofender ninguém. Estou aqui para dar às pessoas o que elas querem, um bom show.”
Ele também falou sobre a experiência de ter dirigido o filme pornô “Doggystyle”. “E ainda tive uma cena (risos). Quando interpreto um papel, é diferente do que eu sou, entende? Fico feliz que vocês viram o filme”, diverte-se ele, que ainda disse que o Brasil tem muito material para um filme desse tipo: “As brasileiras são as mulheres mais bonitas do mundo. E não é só porque estou aqui que digo isso. Falo para todo mundo”.
O rapper Snoop Dogg ainda avisou que pretende curtir a estadia no País. “Não é todo dia que podemos nos divertir aqui no Brasil, então vamos fazer isso. Fazer rimas, dançar, festas… Com mulheres, claro (risos)”.
Anúncios

Deixe um comentário, sua opinião é importante para nós:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s